Rotina de uma banda

Dia a dia de uma banda comum

Se você já pensou em ter uma banda ou já acompanhou alguém que tenha, sabe que aquele ideal de se tornar um rockstar  do dia pra noite é muito mais trabalhoso do que se imagina.

O caminho a percorrer para o sucesso é tão difícil quanto qualquer outro que se exija dedicação, empenho, estudo e resiliência. Não tem segredo. Aliás, se tem algo que pode facilitar um pouco a caminhada é o tal do “talento”. Principalmente na música. Agora, de nada adianta se ter um talento e não o utilizar ou aperfeiçoar.

O dia a dia de uma banda, que está relativamente no começo, envolve muita amizade e paciência. Banda já diz no próprio nome.. “bando” ou seja, coletivo. Então para se tomar uma decisão, é preciso consenso de ideias. Isso vale tanto pra montar um repertório para um show até para definir o andamento de uma música, se vai ser mais rápido ou devagar. Quanto mais gente na banda, mais opiniões, mais divergências. Porém, mais ideias, mais criatividade também.

O caminho é longo, mas quem chega lá diz que vale a pena. Rotina de shows, convivência cada vez mais frequente, viagens, gravações, criações, ensaios fotográficos, dentre outras atividades, fazem parte dos artistas que se dedicaram e hoje vivem do que antes era um passatempo.

Se você já tem banda e está num estágio inicial, sabe que é complicado, grana pra ensaiar, pra gravar um disco que não vai ter a qualidade profissional de grandes gravadoras e por aí vai. Mas quem sabe você e sua banda passem da barreira do anonimato e cheguem lá.

Compartilhe esse post